Notícias

Forte recuperação da produção de leite na Argentina, em abril

19, maio, 2015

Segundo dados do CIL, a produção argentina de abril poderá ser 3,53% superior à de março. Existe a expectativa de que nesta primaverá haverá mais leite que na passada...

O bom clima das última semanas permitiu notável recuperação da produção de leite, particularmente em Santa Fe e Córdoba onde o efeito das inundações de fevereiro e princípios de março limitou-se a áreas muito específicas. Esta tendência pode ser constatada diante dos resultados da pesquisa mensal que é realizada pelo Centro de Industria Lechera (CIL) sobre o comportamento da captação de leite das 19 maiores indústrias.

A mudanças na tendência foi acentuada. Segundo o que foi informado pelo CIL, a captação de leite de março teve queda sazonal de 6,28% em relação a fevereiro e se comparada com março de 2014, a queda chegava a 1,85%, mantendo o mesmo sinal negativo dos primeiros meses do ano (2,61% negativos em relação ao primeiro trimestre do ano passado).

Mas, com a recuperação das pastagens e o bom tempo, o mês abril surge com mudança forte de sinal, na contramão do comportamento histórico, o mês de menor produção sazonal. Em relação a março, a produção de abril subiu 3,53% e 5,63%, quando comparado com o mesmo mês de 2014. Também reduziu a queda anual: considerando os primeiros quatro meses de 2015, versus o mesmo período de 2014, a produção agora, só ficou 0,735% menor.

Considerando a boa relação do preço do leite em relação aos preços dos concentrados, as boas reservas forrageiras e pastagens em boas condições, a indústria prevê que a produção continuará crescendo de agora em diante e muitos esperam uma produção de primavera superior à registrada no ano passado.

Fonte: Selectus 4675, 12 de maio de 2015,Agrositio de 06/05/2015, tradução livre Terra Viva

Voltar

ABIQ Associação Brasileira das Industrias de Queijo

Praça Dom José Gaspar, Nº 30, 10º andar
01047-901 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348