Notícias

Lala reporta lucro de 33,5 milhoes de dólares no terceiro trimestre de 2019

24, outubro, 2019

O grupo mexicano Lala, que controla a brasileira Vigor, reportou lucro líquido de 641 milhões pesos mexicanos (US$ 33,5 milhões) no terceiro trimestre de 2019, um aumento de 213% em relação a igual período do ano passado, segundo informações divulgadas ontem (22) pela empresa.

O laticínio atribuiu o avanço ao aumento de seu lucro operacional e a uma alíquota de imposto otimizada. Em relatório, o banco BTG Pactual destacou que o que favoreceu o resultado foi a combinação entre aumento de preços, um mix mais rentável e melhor produtividade, apesar da queda nas vendas tanto no México quanto no Brasil.

Segundo a empresa, sua receita líquida cresceu 2,7% no terceiro trimestre do ano, para 18,9 bilhões de pesos mexicanos (US$ 987,8 milhões). As vendas excluindo matérias-primas cresceram 2,9%, para 18,7 bilhões de pesos mexicanos (US$ 977,4 milhões).

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda, na sigla em inlgês) cresceu 28% no período, para 2,3 bilhões de pesos mexicanos (US$ 120,2 milhões), incluindo o valor do acordo firmado com a Lactalis para que o laticínio mineiro Itambé ficasse com a empresa francesa - o BTG Pactual estima que esse valor seja de 312 bilhões de pesos mexicanos (US$ 16,2 milhões).

O lucro líquido da Lala no México cresceu 3,2% no período de julho a setembro, para 14 bilhões de pesos mexicanos (US$ 731,7 milhões), impulsionado especialmente por iogurtes, bebidas vegetais e leite. No entanto, um problema operacional causou uma queda no estoque na unidades de queijos, o que reduziu as vendas no segmento em 8,8%.

A receita líquida da operação do grupo no Brasil caiu 0,2% ante ao mesmo período do ano passado, para 3 bilhões de pesos mexicanos (US$ 156 milhões) — a retração em reais foi de 2,3%. A empresa atribuiu o recuo à desaceleração econômica, que afetou o consumo de produtos lácteos no país. “Por outro lado, o negócio ganhou consistentemente participação nos mercados de iogurtes, requeijão e queijo creme. As vendas de derivados cresceram, mas não foram capazes de mitigar a redução de produção de leite UHT para proteger a margem, em face ao aumento dos custos de leite cru”, justificou a empresa.

A operação nos Estados Unidos reportou receita líquida de 860 milhões de pesos mexicanos (US$ 449,5 milhões), alta de 4% — em dólar o aumento foi de 1,6%.

Com exceção do lucro líquido, que veio 15% superior, os resultados consolidados da Lala ficaram abaixo das expectativas do BTG Pactual. O banco esperava uma receita líquida total de 19,3 milhões de pesos mexicanos (US$ 1 bilhão), 3,2 bilhões de pesos mexicanos (US$ 167,2 milhões) no Brasil.

Fonte: Valor Economico, 24 out 2019

Voltar

ABIQ Associação Brasileira das Industrias de Queijo

Praça Dom José Gaspar, Nº 30, 10º andar
01047-901 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348