Notícias

Perspectivas sobre o mercado lácteo da América do Sul

04, fevereiro, 2020

A produção de leite está sazonalmente em declínio nas principais bacias leiteiras da América do Sul.

 
As altas temperaturas prejudicam o conforto das vacas, reduzindo a capacidade produtiva. A seca voltou em grande parte do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, prejudicando a qualidade das pastagens em grandes regiões produtoras de leite. O preço atrativo dos animais de corte foi um incentivo para muitos fazendeiros enviarem vacas de leite para o corte.
 
Em termos gerais, a produção de leite e creme está menor do que a necessidade de processamento das indústrias. Aproveitando as férias escolares, as fábricas destinam mais leite para queijos, iogurtes e leite condensado. A oferta de matéria gorda está bastante limitada, enquanto a demanda por manteiga continua elevada, principalmente para produção de sorvetes e sobremesas geladas. De acordo com analistas do setor, a instabilidade política e econômica, especialmente no Cone Sul da região, vem contribuindo para a queda do consumo interno de produtos lácteos.
 
 
 
 
Fonte: Selectus 31/Jan/2020

Voltar

ABIQ Associação Brasileira das Industrias de Queijo

Praça Dom José Gaspar, Nº 30, 10º andar
01047-901 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348