Notícias

Continuam as quedas nos preços aos produtores de leite da EU

11, abril, 2008

Em fevereiro passado, o preço médio na UE chegou a 37,87 €/100 kg, cifra que é 9,58 € mais alta que a de fevereiro de 2007 (+33,9%), de acordo com relatório da European Dairy Farmers.

A maior parte das indústrias lácteas da UE baixou o preço do leite. As cotações se encontram sob pressão pelo aumento estacional da produção e a falta de demanda na exportação. A holandesa Friesland Foods apresentou seu preço definitivo para 2007, que foi fixado em 37,07 €/100 kg (incluído o IVA e os sólidos). Este preço é 20% mais elevado que o de 2006. Em relação ao preço de fevereiro, não houve mudanças, mesmo tendo sido 9,57 €/100 kg mais alto que o do mesmo mês do ano anterior. Ainda assim, a holandesa Campina fixou o preço definitivo para 2007, que é 16% maior que o de 2006. Em relação à antecipação de preço calculado para fevereiro, houve redução. O decréscimo ocorreu devido à queda no preço da gordura de 0,09 €/kg (o preço da proteína não teve variação). Apesar da baixa, o preço em fevereiro de 2008 foi 11,76 €/100 kg mais alto que o de fevereiro de 2006. A belga Milcobel também baixou a antecipação de preço em 1,58 €/100 kg em fevereiro em relação a janeiro. Apesar da queda, a cifra é 9,44 €/100 kg mais alta que a de fevereiro de 2007. As alemãs Nordmilch e Humana pagaram preços em fevereiro de 2008 bem mais altos que em fevereiro de 2007, chegando a 7,92 e 9,41 €, respectivamente. Ainda assim, ambas empresas reduziram seus preços bases em 2 € e 4 €, respectivamente. Na França, a interprofessional láctea recomendou para o primeiro trimestre de 2008 um aumento do preço básico em 103,7 €/1000 l em relação ao mesmo período do ano anterior. Em relação com o mesmo trimestre do ano anterior, significa um aumento de 10 €/100 kg. Na Irlanda, Reino Unido e Finlândia, os preços da proteína e da gordura não variaram em fevereiro de 2008.

Voltar

ABIQ Associação Brasileira das Industrias de Queijo

Praça Dom José Gaspar, Nº 30, 10º andar
01047-901 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348