Notícias

Propaganda de alimentos ainda na berlinda

29, junho, 2008

Uma pesquisa do Observatório de Políticas de Segurança Alimentar da Universidade Nacional de Brasília (UNB), apresentada nesta quinta-feira (26), aponta que as propagandas de alimentos com alto teor de gordura, sal e açúcar predominam nas TVs e revistas.

Uma pesquisa do Observatório de Políticas de Segurança Alimentar da Universidade Nacional de Brasília (UNB), apresentada nesta quinta-feira (26), aponta que as propagandas de alimentos com alto teor de gordura, sal e açúcar predominam nas TVs e revistas. No país, a regulamentação destas propagandas está sendo discutida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por meio da consulta pública 71/06 e deve ser tema de audiência no segundo semestre de 2008. As propagandas de fast-food constituem 18% das peças publicitárias, seguidas pelas propagandas de guloseimas e sorvetes (17%). Esta foi uma das conclusões da pesquisa financiada pelo Ministério da Saúde e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). (Assessoria de Imprensa da Anvisa). CLIQUE AQUI para ler a matéria na íntegra.
Fonte: Selectus 3018, Jornal do Comércio/RS, 29/06/2008

Voltar

ABIQ Associação Brasileira das Industrias de Queijo

Praça Dom José Gaspar, Nº 30, 10º andar
01047-901 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348