Notícias

Aurora prevê aumentar processamento em leite em 45%

17, fevereiro, 2011

Coopercentral Aurora, de Chapecó, no oeste catarinense, prevê para 2011 um crescimento de 45% no volume de leite processado em sua fábrica de Pinhalzinho.

Coopercentral Aurora, de Chapecó, no oeste catarinense, prevê para 2011 um crescimento de 45% no volume de leite processado em sua fábrica de Pinhalzinho. O volume de 440 milhões de litros de leite industrializados, no ano, ficará próximo à capacidade total da planta, inaugurada, em 2009, a partir de investimentos de R$ 180 milhões. Além do leite longa vida rastreado, que deverá absorver 330 mil litros/dia, a Aurora vai intensificar a produção de mussarela, leite em pó e soro em pó. O presidente da central, Mario Lanznaster, diz que o mix de lácteos da cooperativa será complementado com a fabricação de manteiga, creme de leite e achocolatados, além de iogurtes e bebidas l ácteas. (Valor Econômico) Em 2010, a Aurora registrou crescimento de 22,7% no volume de leite processado: 11 cooperativas entregaram 302,2 milhões de litros, que foram transformados em 110,4 mil toneladas de produtos. Há a intenção de expandir a oferta de produtos com maior valor agregado para todas as regiões do país. O longa vida ficaria restrito ao Sul, que ainda oferece boas condições de crescimento, de acordo com Mario Lanznaster, presidente da Aurora. O crescimento da cooperativa é embasado no aumento de produtividade do gado leiteiro da região oeste de Santa Catarina. Cerca de 6 mil fornecedores, ligados a 15 cooperativas, abastecem a Aurora com leite. O manejo da pastagem e melhoramento genético do rebanho permitiram que a produtividade média saltasse de 4 para 8 litros/vaca/dia, em dez anos.
Fonte: Selectus 3654,17/02/2011, Valor Econômico

Voltar

ABIQ Associação Brasileira das Industrias de Queijo

Praça Dom José Gaspar, Nº 30, 10º andar
01047-901 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348